Bienal Publica

Uma das premissas da Bienal de Quadrinhos de Curitiba é democratizar a cultura.

A Bienal Publica!, nasceu em 2016 numa parceria entre a Editora Livrinho de Papel Finíssimo (PE), o Festival Publique-se (PE), e o Estúdio Invertido (Curitiba). Ao abranger uma seleção variada de quadrinhos, ilustrações, poesias e contos, a Bienal Publica! lançou artistas nunca antes publicados. Foram mais de 150 artistas apresentando uma multiplicidade de expressões de todo o Brasil, com obras inéditas e algumas produzidas exclusivamente para essa publicação. A edição é composta por 4 volumes, que foram impressos e encadernados artesanalmente durante o evento e distribuídos gratuitamente.
Em sua segunda edição em 2018, agora contemplada pelo edital do Fundo Municipal para Artes Visuais, a Bienal Publica! selecionou quadrinhos, poesias e roteiros para uma publicação caprichada sob a edição de Fabio Zimbres. Os trabalhos dialogaram com o tema do evento, “A Cidade em Quadrinhos”, e o material foi distribuído gratuitamente durante os dias do evento. Além da publicação, este ano os trabalhos dos 28 selecionados ganharam as salas da Gibiteca de Curitiba, na exposição “Bienal Publica!”, de 24 de agosto à 2 de novembro de 2018. A ação também promoveu a oficina de zine na Gibiteca de Curitiba, no dia 07 de setembro, com o editor do projeto.
Faça o download da primeira e segunda edições abaixo:

2ª Edição (2018):

Volume 1

1ª Edição (2016):

Volume 1

Volume 2

Volume 3

Volume 4