Programação

SÁBADO (9/11)

10h às 11h
Abertura oficial da Programação da Bienal de Quadrinhos
Com a participação de representantes da prefeitura, do Instituto Caranguejo e da Gibiteca de Curitiba.

13h às 15h
Palestra com Vitor Cafaggi e mediação de Felipe 5Horas
Vitor Cafaggi é um dos principais nomes dos quadrinhos brasileiros. Na palestra, fala sobre sua carreira, desde sua webcomics ‘Puny Parker’ (2008), passando pelo sucesso das tirinhas publicadas no jornal O Globo, “Valente” (2010), até o sucesso da Graphic MSP “Turma da Mônica – Laços”

15h às 16h
Sessão de autógrafos com Vitor Cafaggi

15h às 16h
Palestra com Key Imaguire Jr.: As Cidades Dos Quadrinhos. Aldeia Gaulesa, Palomar,
Pelotilehue, Patópolis, Curitiba, Mongo City – Processo De Urbanização
As cidades dos quadrinhos —e metrópoles, aldeias, povoados, pântanos — podem ser tão interessantes quanto seus personagens. O que une e o que diferencia estas urbanizações tão famosas, que imaginam futuro, passado, fantasias antropomórficas ou mesmo
tentam representar a nossa realidade?

15h às 17h
Oficina: aquarela com Lelis
O que é aquarela e como usá-la?
As diferenças entre os pigmentos da aquarela.
Para se fazer um desenho em aquarela o papel tem que ser de boa qualidade?
E os pincéis? Quais são os melhores?
Todas essas perguntas serão respondidas na oficina! Também serão realizados exercícios para a iniciação da técnica e a produção de um desenho a partir das orientações do artista.
Vagas: 15
Idade mínima: 14 anos
inscrições

17h às 18h
Palestra: mulheres e web comics, com Carol Ito
Carol Ito é jornalista e se apaixonou pelas histórias em quadrinhos ao conhecer o trabalho de Joe Sacco, famoso por seu trabalho jornalístico em HQ e autor de “Palestina” e “Gorazde”. Unindo suas duas paixões, ela fala sobre sua dissertação apresentada para a Escola de Cominicação e Artes da USP e que faz parte do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação: “Um panorama da produção feminina de quadrinhos publicados na internet no Brasil”.

18h às 19h
Sessão de autógrafos com Carol Ito

19h às 21h
Palestra: David Lloyd – Por Trás da Máscara. Mediação e tradução de Felipe 5horas
O grande artista britânico David Lloyd estará entre nós para falar sobre os bastidores da cocriação da icônica graphic novel ‘V De Vingança’ , que desde seu lançamento na década de 80, continua encontrando atualidade e a máscara símbolo de luta contra a tirania do poder.

DOMINGO (10/11)

10h às 12h
Oficina: Quadrinhos Autobiográficos, com Carol Ito
Muitos artistas usam os quadrinhos para compartilhar suas memórias e visões de mundo. Pensando nisso, a oficina oferece dicas básicas sobre a linguagem das HQs e possibilita ao participante criar uma história autobiográfica sobre algum acontecimento marcante ou reflexão que gostaria de registrar em textos, cores e traços.
Vagas: 15
Idade mínima: 16 anos
inscrições

10h30 às 11h30
Lançamento e sessão de autógrafos: “Quando Meninos Viram Homens”, com M.V. Bortolli.
Uma aventura épica baseada em fatos reais! Em que você acredita? O destino pode ser determinado, independente do que se faça, ou cada um constrói o seu? A família, o tempo e a distância podem impedir dois apaixonados? Eis o tema deste livro. Na Itália do seculo XIX, logo após reencontrar Giovanna, seu amor de infância, Giuseppe inicia o seu romance. Porém, o destino e a manipulação do irmão de sua amada fazem com que a família venha ao Brasil sem deixar pistas. Com seus dois melhores amigos,
empreitam uma aventura pela América do Sul em busca de Giovanna. Inesperadamente, são envolvidos na cruel e sangrenta Revolução Federalista de 1893-1895, a chamada Revolução da Degola. Baseado em fatos reais, a precisão histórica foi um dos maiores desafios desse trabalho. Fruto de pesquisa de mais de três anos em inúmeras fontes bibliográficas e históricas, possui mais de 250 referências explicativas do autor, além de ilustrações exclusivas. É uma obra completamente atual pelos conflitos humanos relatados. Sinta-se transportado no tempo, espaço e emoções de uma época vibrante.

13h às 15h
Quadrinhos: Digital ou impresso? Com David Lloyd e Vitor Cafaggi. Mediação e tradução Felipe 5Horas
David Lloyd criou a plataforma de leitura digital Aces Weekly em 2012, com o objetivo de democratizar as HQs, facilitando o acesso e a distribuição. Vitor Cafaggi começou sua carreira em 2008, publicando online as aventuras do Puny Parke, e lançou “Valente” de forma independente. Depois disso, passou a ser publicado pela Panini, onde também é um dos destaques da Graphic MSP com a trilogia da “Turma da Mônica”
Os dois artistas se encontram para um bate-papo sobre o acesso e o prazer de ler uma HQ.

14h às 16h30
Oficina de desenho de observação: Estar à Deriva.
Observações, impressões e narrativas com Rodrigo M. Campos
Realizar desenhos e narrativas gráficas a partir do contato com o ambiente físico e suas fronteiras formalmente delineadas, no caso a feira Inventum e seus blocos, a arquitetura do local, ao mesmo tempo em contato com ambiente simbólico, os corpos, hábitos e normas de conduta, relações de poder, privacidade (púbico e privado) e símbolos. O método da oficina é inspirado na oficina “Desenho documental e narrativa, realidade e ficção” de Juliana Russo na Bienal de Quadrinhos de Curitiba de 2018.
Vagas: 15
Idade mínima: 14 anos
Inscrições

15h às 17h
Sessão de autográfos: David Lloyd e Vitor Cafaggi

15h às 17h
Oficina de stencil, com Fúlvio Pacheco
Técnica que utiliza normalmente tinta spray e moldes vazados sobre uma superfície. Descubra a linguagem que se popularizou com os grafites.
Vagas: 15
Idade mínima: 12 anos
incrições

17h às 18h30
Palestra: Reconexão, com Lelis. Mediação de Carol Ito
Lelis fala sobre seu novo livro “ReConexão”, que acaba de sair pela Editora Abacatte. “Este livro trata do risco que em todos os lares se alastra no silêncio das luzinhas hipnóticas de celulares e afins e nos sugere que precisamos abrir novamente outras janelas. E nos convida para a eterna rede social das amizades que se desenrolam ao ar livre no mundo real.” Esta apreciação é do quadrinista, roteirista e desenhista gaúcho Guazzelli, cuja maior obra (tem 30 metros e segue em construção) é “Cidade Nanquim”, um dos
destaques da Bienal de Quadrinhos de Curitiba 2018.

19h às 20h
Lançamento e sessão de autógrafos: “Reconexão”, com Lelis.

19h às 20h
Palestra: A História da Gibiteca de Curitiba
Para contar a história da primeira Gibiteca do Brasil, que completou 37 anos em outubro, promovemos aqui um grande encontro entre o homenageado da Bienal em 2018 e idealizador da Gibiteca de Curitiba, Key Imaguire Jr, e o atual coordenador da Gibiteca, o professor e quadrinista, Fulvio Pacheco.

SEGUNDA-FEIRA (11/11)

10h às 12h
Oficina: Criação De Personagens, com Vitor Cafaggi
Sabia que o Vitor Cafaggi é fã do Homem-Aranha? A partir desta paixão ele criou seu primeiro personagem de sucesso na web, o Puny Parker. Agora, ele vai dar altas dicas para você criar seu próprio personagem.
Vagas: 15
Idade mínima: 8 anos
Inscrições

10h às 12h
Sessão de autógrafos: David Lloyd e Lelis

12h às 13h
Sessão de autógrafos: Vitor Cafaggi

13h
Palestra: Relatos Azuis – como descobri o autismo, com Fulvio Pacheco
Nesta autobiografia, Fulvio Pacheco relata sua experiência com o autismo de Murilo, seu filho. Enquanto Murilo passava por vários tratamentos, Fulvio também é diagnosticado com a síndrome e começa a entender como algumas das características do autismo influenciaram sua vida, mais especificamente em suas habilidades artísticas. Conheça a relação entre autismo e habilidades em áreas específicas através da história de personalidades que, mesmo com traços da síndrome, contribuíram imensamente para a Arte.
Relatos Azuis (Ursereia Editora) é um material útil para ajudar o leitor a entender o Espectro do Autismo e a importância da inclusão dos autistas na sociedade.

15h às 17h
Oficina de stencil, com Fulvio Pacheco
Vagas: 15
Idade mínima: 12 anos
Inscrições

15h
Sessão de autógrafos: “Entre 4 Linhas – Quadrinhos Futebol”, com Fabrizio Andriani e Ibraim Roberson

17h às 19h
Clube de leitura de quadrinhos: “Reconexão”, com Mitie Taketani
Um convite para a leitura da HQ “Reconexão”, de Lelis. Após a leitura, iremos discutir sobre a obra.
Vagas: 20
Para todas as idades

19h às 20h30
Palestra: Aprenda a desenvolver games jogando
Raquel Motta e Marcos Silva (Sue the Real)
Você já pensou em converter aquelas horas de Fortnite e Minecraft em aprendizados para criar seu próprio game? Uma das principais habilidades de pessoas que desenvolvem jogos é a compreensão de padrões ao jogar. Usando a ferramenta de Design de Games MDA (Mecânica, Dinâmica e Estética) essa palestra visa contribuir com a construção de um senso crítico que ajudará muito na jornada de criação de games.

20h

Lançamento Bienal Publica!
Lançamento do livro com obras criadas por alunos da rede municipal de ensino de Pato Branco. A ação é uma parceria entre a prefeitura da cidade, a Inventum, a Bienal de Quadrinhos de Curitiba e o Instituto Caranguejo. O evento contará com a presença de autoridades e das crianças selecionadas para a publicação.

TERÇA-FEIRA (12/11)

10h às 12h
Oficina: Fundamentos das histórias em quadrinhos, com Ibraim Roberson
Noções básicas para fazer sua HQ com o quadrinista que desenhou, entre outros, o Logan para a Marvel Comics.
Vagas: 15
Idade mínima: 12 anos
Inscrições

13h às 15h
Oficina: Histórias em quadrinhos vistas de baixo, com Raphaela Corsi (Karmaleão)
Adaptação de contexto histórico e narrativas que buscam romper com estereótipos da chamada “história oficial”. O propósito é envolver a comunidade com a experiência da produção de quadrinhos, pensando suas referências, desenvolvimento de narrativa e abordagem metodológica.
Idade mínima: 14 anos
Inscrições

15h às 16h
Sessão de autógrafos: Fulvio Pacheco

15h às 17h
Oficina: Raquel Motta e Marcos Silva (Sue the Real) – Demonstração de jogos

17h às 19h
Oficina: O Lugar e a História, com João Ferreira
Quanto do espaço ao nosso redor pode ter de histórias para serem contadas? Quantas histórias podem ser contadas sobre uma janela de formato estranho, ou sobre aquele prédio de cor diferente que fica naquela esquina movimentada? Essa oficina é sobre as respostas para essas perguntas.
Baseado na experiência à partir da criação da HQ “Porta à dentro” para o álbum “Bienal Publica!”, realizado pela Bienal de Quadrinhos de Curitiba em 2018, o arte educador e ilustrador, João Ferreira traz a oficina “O Lugar e a história”. Todos os dias nós passamos por vários lugares sem nos darmos contas de quantas pequenas e magníficas histórias estão contidas neles. A proposta da atividade que será desenvolvida tem o objetivo de incentivar e estimular o público a exercitar sua criatividade para a criação dessas pequenas narrativas contidas nos lugares da cidade.
À partir de exercícios de representação do espaço e de criação de histórias em quadrinhos as participantes da oficina terão a  oportunidade de, não apenas aprender a copiar prédios e criar narrativas, mas ampliar sua percepção do espaço ao seu redor, o mesmo espaço da pergunta ali em cima, cuja resposta já pode ser dada: São muitas as histórias! (E é delas que iremos tratar)
Faixa etária: à partir de 8 anos.
Limite de participantes: 12
Inscrições

19h às 21h
Palestra: Representatividade negra na cultura pop, com Raquel Motta e Marcos Silva (Sue the Real) e
Raphaela Corsi (Karmaleão)
Com trabalhos voltados para a cultura afro-brasileira, os artistas falarão sobre como a indústria do entretenimento se abriu para falar de temas do nosso cotidiano, como o racismo.

QUARTA-FEIRA (13/11)

10h
Oficina: Máscaras do Mundo, com Fabrízio Andriani
Vagas: 15
Idade mínima: 8 anos
Inscrições

13h
Palestra: Os afro-curitibanos e as histórias em quadrinhos vistas de baixo, com Rapahela Corsi
(Karmaleão)
Uma história depende muito de quem irá contá-la. Existem sempre dois lados de uma mesma página, e pensar em como contar, e em quem vai contar, pode modificar todo o seu contexto. A pesquisadora, ilustradora e quadrinista Raphaela Corsi irá falar sobre alguns pontos importantes da presença negra na história curitibana e do Paraná, a partir de pesquisas e levantamentos feitos pelo Centro Cultural Humaitá, referência da cultura afro-curitibana.

15h
Sessão de autógrafos: Raphaela Corsi (Karmaleão)

15h
Oficina: Raquel Motta e Marcos Silva (Sue the Real) – Demonstração de jogos

17h
Palestra: Dicas para trabalhar no mercado internacional de HQs, com Ibraim Roberson
Ibraim mora em Curitiba e é desenhista e ilustrador. Trabalha para editoras norte-americanas de
quadrinhos, em títulos como “X-Men Sombrios”, Steve Rogers: “Super Soldier” e “Novos Mutantes”,
“Velho Logan” (Marvel), entre outros. Também ministra o curso de desenho e história em quadrinhos na
ClubComics.

18h
Sessão de autógrafos: Ibraim Roberson, Raquel Motta e Marcos Silva (Sue The Real) e Raphaela Corsi
(Karmaleão)