Bienal Publica

A Bienal Publica! é um projeto que se iniciou na edição 2016 da Bienal de Quadrinhos de Curitiba e tem como principal premissa democratizar a cultura e dar oportunidade para artistas que, por diferentes motivos, não tiveram a chance de ter seu material publicado. Foi um sucesso, com grande participação!

Na edição 2018 da Bienal de Quadrinhos repetimos a experiência com apoio do Edital para publicações da Fundação Cultural de Curitiba e com os cuidados do reconhecido editor Fabio Zimbres. Novamente um sucesso!

Em 2019, é com grande orgulho que anunciamos uma edição especialíssima, a Bienal Publica! Pato Branco.

Nesta publicação realizamos um sonho antigo com o fortalecimento e desenvolvimento da GIBIKIDS numa ação voltada ao público infantil, aproximando as escolas com a promoção de oficinas de HQ para professores e estudantes, realizadas em Pato Branco.

O resultado é esta linda publicação, fruto do trabalho de muitas pessoas que acreditaram na educação, na arte e na cultura como ferramentas da expressão da liberdade e do desenvolvimento humano. As histórias desenvolvidas, bem como a linguagem utilizada pelos alunos retrataram os diversos universos infantis, a imaginação característica da idade e da fase de aprendizagem. Buscamos, nesse sentido, respeitar suas criações e acolhê-las como forma de estímulo à livre criação, sem cerceamento de conteúdo ou possíveis erros de grafia toleráveis pela pouca idade.

Agradecemos ao Instituto Caranguejo pela parceria e condução do projeto, a Secretaria Municipal de Educação, Secretaria de Ciência e Tecnologia e a Prefeitura Municipal de Pato Branco por todo apoio e incentivo.

Nosso muito obrigado a INVENTUM – Feira de Ciência e Tecnologia de Pato Branco, por incluir e acreditar nessa iniciativa e especialmente todos os alunos, familiares e professores – vocês foram maravilhosos!

Vida longa aos jovens artistas! Que estas sejam suas primeiras de muitas publicações de Histórias em Quadrinhos em Pato Branco.

Acesse a galeria de fotos aqui.

Faça o download do livro aqui