Convidados Nacionais

Adão 01
ADÃO ITURRUSGARAI

Adão Iturrusgarai nasceu em 1965 na cidade de Cachoeira do Sul, no Rio Grande do Sul, e atualmente vive na Argentina. Suas tiras diárias saem no jornal Folha de São Paulo, na revista Sexy, no periódico Le Monde Diplomatique e na revista Fierro (Argentina). É criador da personagem Aline, que acabou dando origem a uma minissérie de televisão na Rede Globo. Tem mais de uma dúzia de livros publicados. Seus caubóis gays, Rocky & Hudson, foram publicados em livros na Espanha, nos EUA, na França, na Itália e na Alemanha.
Adão 04 Adão 03
Site

 

adriana
ADRIANA CZELUSNIAK

Jornalista e documentarista, Adriana Czelusniak já produziu e dirigiu um documentário e um videoclipe sobre autismo. Publicou diversas reportagens e, junto com Fúlvio Pacheco, está lançando uma cartilha em quadrinhos sobre o tema.

 

IMG_20160728_115032937
ADRIANO LOYOLA

Trabalha com quadrinhos e ilustração há mais de 20 anos, tendo colaborado para editoras como Gazeta do Povo, Positivo, Base, Metal Pesado, Jambô e as americanas IDW e Studio 407. Lançou recentemente a HQ Sossego, adaptação em quadrinhos do conto A Nova Califórnia, de Lima Barreto, e a HQ digital O Senhor dos Porcos, cujo lançamento impresso será na Bienal de Curitiba.
12-O_Senhor_dos_Porcos

 

ALCIMAR FRAZAO 1
ALCIMAR FRAZÃO

É quadrinhista, ilustrador e integrante do coletivo de artistas BIMBO Groovy. Em 2013, foi curador da exposição HQBR21 – O Quadrinho Brasileiro do Novo Século. Lançou, no mesmo ano, o álbum Me & Devil, publicação pela qual recebeu uma indicação ao troféu HQMIX. Também publicou na coletânea de terror Ronda Noturna, lançada em 2014 pela editora Zarabatana. Atua como curador de artes visuais junto ao Sesc-SP desde 2010.
pag7 pag12
Site

 

Alexandre De Maio 02
ALEXANDRE DE MAIO

Deu início à sua carreira em 2006, com a HQ Os inimigos não mandam flores. A partir de 2010, passou a desenvolver o jornalismo em quadrinhos em diversos veículos. Em 2013, ganhou o Prêmio Tim Lopes de Jornalismo Investigativo com a reportagem “Meninas em jogo”, que abordava a exploração sexual infantil em Fortaleza. Lançou recentemente três livros na França: Génération Favela, Je suis Rio e Favela Chaos.
Alexandre De Maio 04 Alexandre De Maio 03
Site

 

329995_1673717819508_1737390529_o
ALEXANDRE S. LOURENÇO

Alexandre S. Lourenço é quadrinhista e ilustrador. Mantém desde 2010 o blog Robô Esmaga. Já publicou na Folha de São Paulo, na Café Espacial e na antologia O Fabuloso Quadrinho Brasileiro de 2015. Nesse mesmo ano, publicou seu primeiro livro pela JBC compilando material publicado em seu blog. Está lançando sua primeira graphic novel: Você é um Babaca Bernardo, pela editora Mino.
6666  ctdxv91weaa9a7k-jpg-large
Site

 

11029929_855787591125956_1183736065_o
AL’HANATI

Nasceu em Paraty (RJ) e desde 2004 mora em Curitiba. Formado em Jornalismo pela UFPR, produziu os quadrinhos independentes Barranqueio Comix, e há dois anos publica tiras diárias no jornal Gazeta do Povo.
Site

 

Allan Sieber 02
ALLAN SIEBER

Allan Sieber (Porto Alegre, 1972) é roteirista, autor de quadrinhos, cartunista e diretor de animação. Publica diariamente no jornal Folha de São Paulo e desde 1999 mantém a Toscographics Desenhos Animados, estúdio sediado no Rio de Janeiro. Tem uma farta carreira dedicada à produção áudio visual, tanto como roteirista de programas da TV Globo como Tá no Ar e Amor & Sexo, quanto como realizador de filmes de animação como Deus é Pai e Santa de Casa. Seus quadrinhos já saíram em revistas como Trip, Sexy e Playboy, e deram origem a livros como Preto no Branco, Vida de Estagiário e É Tudo Mais ou Menos Verdade.
Allan Sieber 01  Allan Sieber 04
Site

 

AmandaBarros
AMANDA BARROS

Graduada em Design Gráfico pela PUC-PR e ganhadora do 4º Prêmio Ibema de Gravura, Amanda é diretora de arte do Ursereia Estúdio e Editora. É autora da webcomic Cassandra & The Flaming Puppies.
Cassandra_publicacao1
Site

 

13620002_10210102924357701_3403995513520571711_n
ANA RECALDE

Nascida no Mato Grosso do Sul, reside do Rio de Janeiro. Começou como quadrinhista na revista Patre Primordium, em 2009. Em 2011, deu início à webcomic Beladona, que no final de 2014 se tornou livro e ganhou o Troféu HQMix como melhor webquadrinho. Também participou de várias coletâneas como Quadrinhópole, Petisco Apresenta, Clássicos Revisitados: Monstros Noir e Feitiço da Vila. Atualmente é editora do selo Pagu Comics.
Site

 

caliman1
ANDRÉ CALIMAN

Foi desenhista das séries E.L.F. e Sequestro em Três Buracos, e colbaorou para várias coletâneas. De forma independente, escreveu e desenhou a graphic novel Revolta!. Vencedor de um prêmio HQMIX em 2008 e de um Cubo de Ouro em 2014. Atualmente trabalha em seu projeto Caliman Viajando.
lando-1-caliman lando-2-caliman
Site

 

andreconti
ANDRÉ CONTI

Editor da Companhia das Letras, vem se destacando em selos como Penguin-Companhia e, principalmente, Quadrinhos na Cia, pelo qual vem tocando há anos uma linha de HQs bastante diferenciada dentro do mercado nacional. Além disso, ele contribui para o blog da Companhia com uma coluna quinzenal chamada Editando Clássicos. Chegou a traduzir obras como Fun Home, de Alison Bechdel, e Fagin o Judeu e O Complô, ambas de Will Eisner.

 

Andre Dahmer 03
ANDRÉ DAHMER

André Dahmer Pereira (Rio de Janeiro, 1974) vem espalhando há vários anos suas tiras por jornais como O Globo e a Folha de São Paulo e também pela internet. Seus primeiros personagens de destaque foram os Malvados, seres indefinidos que são costumeiramente comparados a girassóis, conhecidos como “as flores do mal”. Também criou o sádico ditador Emir Saad, que governa o reino do Ziniguistão, e as série “Apóstolos, a série”, “Cidade do medo” e “Quadrinhos dos anos 10”. Esses trabalhos já renderam vários livros e publicações no portal G1 e nas revistas Sexy Premium, Piauí e Caros Amigos. Uma de suas tiras chegou a ser usada como tema da redação do Enem de 2011.
Andre Dahmer 03  Andre Dahmer 01
Site

 

297889_257460827632948_313465623_n
ANDRÉ DUCCI

Quadrinhista curitibano formado em gravura e conhecido pelo projeto Anatomista, começou a trabalhar com ilustração para a marca de skate Drop Dead e projetos como Candyland. Participou de coletâneas como MSP+50, Fierro Brasil 2, Cidade Sorriso dos Mortos, Vigor Mortis 2Aargh!!! e Stripburger. Ilustrou o livro Guia de Ruas sem Saída, de Joca Reiners Terron, e publicou a HQ Fim do Mundo pela Arte & Letra.
af0ba986e148835fc8c119ceb9155078 download ED-SUPER-331-34-[9430615_1].pdf
Site

 

toral foto
ANDRÉ TORAL

Paulistano, teve suas primeiras histórias publicadas nas revistas Animal e Chiclete com Banana, na década de 80. É autor de diversas graphic novels como Adeus Chamigo Brasileiro: uma história da guerra do Paraguai e Os Brasileiros. Além de desenhista, é gravador e professor universitário.
hol cor 57 a toral HQ 2
Site

 

1382912_894750043883611_6258135242725786616_n
ANDRÍCIO DE SOUZA

Dono de um estilo peculiar de humor, Andrício chama a atenção pela técnica, já que usa apenas uma caneta esferográfica. Seu trabalho começou a ter uma circulação um pouco maior com o lançamento do livro O Intestino Eloquente, que compila vários de seus trabalhos e traz encartado um CD em que diversas personalidades narram o texto de seus quadrinhos. Seu trabalho atual pode ser visto em andriciodesouza.com.
o-goupe-2  ruido-activia-pequeno-principe
Site

 

69046_1711453469487_6261660_n
ANTONIO EDER

Nasceu em 1971 na cidade de Curitiba. Formado em Artes Plásticas pela FAP. É sócio diretor da Dogzilla Studio. Trabalha com ilustração, animação e quadrinhos. Publicou HQs como Cidade Sorriso dos Mortos-Vivos (2013), Bocas Malditas (2014) e O Gralha – Artbook (2015). Além de tudo isso, coleciona pulgas.
971445_10201554489887423_787992161_n  11036794_10206868076243761_4198948465368348160_n
Site

 

11952049_1672216776346237_1965213924043342632_n
ARIEL DACUNHA

Licenciado em artes visuais pela EMBAP (Escola de Música e Belas Artes do Paraná), Ariel é diretor e editor chefe do Ursereia Estúdio e Editora. Em sua primeira experiência como professor de mangá, o goiano/curitibano descobriu sua vocação para lecionar e produzir quadrinhos.
Site

 

Projeto Retrato de Quadrinistas - QuantaCon2012 - Rafael Roncato
ARNALDO BRANCO

Arnaldo Allemand Branco não apenas milita no universo das tiras e cartuns como também vem se destacando há tempos como cronista e jornalista – inclusive publica resenhas sobre esporte em O Globo. É autor e criador de personagens de quadrinhos como o Capitão Presença e Joe Pimp, ambos lançados pela revista Tarja Preta. Sua atuação mais constante como quadrinhista é na série “Mundinho Animal”, publicada  no site G1, e na qual ele tira um sarro com a classe artística e apresenta ao leitor o seu olhar sobre a natureza humana. Também escreveu livros como O Melhor do Mau Humor. Foto: Projeto Retrato de Quadrinistas – QuantaCon2012 – Rafael Roncato
sexo_carioca standuptragedy
Site

 

BenettCartunista
BENETT

Chargista dos jornais Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Vencedor do Salão de Humor de Piracicaba na categoria Tiras em Quadrinhos. Autor do livro Amok – Cabeça, tronco e membros, lançado pela Mórula.
BenettCartunista03  BenettCartunista04
Site

 

Benicio [crédito Reference Press]
BENÍCIO

José Luiz Benício da Fonseca nasceu em Rio Pardo no ano de 1936. Dedicou-se ao piano na adolescência, mas logo abandonou a música para desenhar. Ao longo de mais de 50 anos, criou milhares de capas de livros de bolso, mais de 300 cartazes de filmes brasileiros e outras centenas de capas de discos, peças de publicidade e ilustrações para livros. Entre seus trabalhos mais famosos, estão as pinups que eternizaram os clássicos da pornochanchada, como a Vera Fischer do longa A Super Fêmea, e a Sônia Braga que chamou a atenção para o filme Dona Flor e Seus Dois Maridos. Também são notórias suas capas para os livrinhos que contavam as histórias de Giselle, a espiã nua que abalou Paris, e de sua filha, Brigitte Montfort, a agente da CIA conhecida como Baby.
Benicio[crédito Reference Press] 03  Benicio [crédito Reference Press] 02
Site

 

DSC03593
BIANCA PINHEIRO

Quadrinhista formada em Artes Gráficas pela UTFPR e pós-graduada em Histórias em Quadrinhos pela Opet. Seu principal trabalho é a série Bear, que começou como webcomic e hoje está em seu terceiro volume publicado pela Editora Nemo. Fez também alguns trabalhos independentes, como Dora e Meu pai é um homem da montanha, além da Graphic MSP Mônica – Força, lançada pela Panini.
capa-alta capa-alta (1)
Site

 

por Adalton Silva
BRUNO AZEVEDO

Nascido em São Luís (MA), Bruno começou a se destacar na cena ao lançar livros que fundiam a linguagem dos quadrinhos à literatura e ao jornalismo, como é o caso de Breganejo Blues e O Monstro Souza, ambos lançados pela sua editora, a Pitomba. Suas experiências com a linguagem das HQs continuaram com Isabel Comics e A Intrusa, mas foi com Baratão 66 (2013), desenhado por Luciano Irrthum, que Bruno efetivamente criou uma graphic novel de fato. Seu trabalho mais recente é Em Ritmo de Seresta, que fala sobre o movimento brega do Maranhão. Foto por: Adalton Silva
Site

 

curtindo na Tabuão
CAMILO MAIA

É designer gráfico, fanzineiro e editor da Livrinho de Papel Finíssimo Editora. Atua há mais de 15 anos como comunicador visual na área dos impressos em papel com suas loucas, afetivas e infinitas soluções.

 

_MG_1409-1
CAROL SAKURA

Escritora e roteirista. Realizou o curta de animação Gente Grande, premiado no Green Nation Fest 2012. Foi premiada no I Concurso Feminino de Contos Dirce Doroti Merlin Clève. Autora do livroAnacleto, o Balão, Carol foi roteirista da HQ “Barão do Serro Azul, Herói da Paz”, além de editora e roteirista dos álbuns Bocas Malditas: Curitiba e suas histórias de gelar o sangue, e Se meu cão falasse tudo seria poesia.

 

13882681_10207983574361529_237785191400173790_n
CASSIUS MEDAUAR

Tem 44 anos e está no mercado editorial há quase vinte anos. Foi editor na Conrad, tendo sido o responsável pelo lançamento de Dragon Ball e Cavaleiros do Zodíaco no Brasil. Há dois anos trabalha como Gerente de Conteúdo da Editora JBC e vem ajudando a mudar a qualidade dos produtos da editora com títulos como Death Note Black Edition e Sakura Card Captors, além de ajudar a criar e lançar um Concurso Nacional de Mangás.
Site

 

Cecilia Arbolave
CECÍLIA ARBOLAVE

A argentina Cecilia Arbolave é jornalista, editora da Lote 42 e jornaleira na Banca Tatuí, espaço de publicações independentes. Organiza desde 2014 a Feira Miolo(s) na Biblioteca Mário de Andrade, em São Paulo.

 

SONY DSC
CESAR ALCÁZAR

É autor dos livros Bazar Pulp – Histórias de Fantasia, Aventura e Horror e A Fúria do Cão Negro, além de ter roteirizado as HQs A Música do Quarto ao Lado e O Coração do Cão Negro. Teve contos publicados em inglês pelas revistas Heroic Fantasy Quarterly e Swords and Sorcery Magazine. Também atua como editor e tradutor.
Capa O Coração do Cão Negro  Capa A Música do Quarto ao Lado - Cesar Alcázar
Site

 

12219458_10153312922112635_3911002538235611002_n
CHICO FELIX

Nascido no Rio de Janeiro, é curitibano honorário.  Cartunista nas revistas Gente Feia na TV, Prego e na americana Pork. Participou da serie Ugritos da Ugra Press com a HQ Crú. Ilustrador de uma infinidade de capas de discos e cartazes de bandas, e baixista do Evil Idols e do Vida Ruim.
13442178_10153785878977635_5120855152373698665_n  13707559_10153837107392635_6347473225433906989_n
Site

 

Claudio
CLAUDINHO

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), tem se dedicado ao estudo e veiculação de artigos sobre a Nona Arte em diversos veículos, como a Folha de Londrina, onde trabalhou por dez anos. Ao lado do ilustrador Papito, lançou oito HQs, das séries Clang! e Tipos. Organizou recentemente a primeira edição da Feira Graphica CWB e retornou ao circuito indie com a publicação de O Padre Polaco.
O PADRE POLACO - CLAUDIO YUGE
Site

 

P1590751
CLAUDIO R. MARTINI

Nascido em 1955, é natural de Valinhos, SP, e atua como publisher, designer gráfico, e tradutor da Zarabatana Books, editora que desde 2006 publica histórias em quadrinhos de autores premiados do Canadá, Estados Unidos, Espanha, Argentina, Itália, França, Bélgica, Alemanha, Japão, Portugal (em breve) e Brasil. O selo conta com mais de 75 títulos em seu catálogo.
Site

 

IMG_2998
CLEITON PATRICK

Começou a desenhar histórias em quadrinhos aos 13 anos de idade para jornais e revistas. Ilustrador, quadrinhista, professor de desenho e coordenador da Gibiteca de Caçador, também é um dos idealizadores e colaboradores do álbum Um Rock para Caçador.
IMG_3185  IMG_3274

 

daniel-01b
DANIEL ESTEVES

Roteirista, professor, criador do curso HQ em FOCO, do selo Zapata Edições e do coletivo Petisco. Escreveu várias HQs: Por mais um dia com Zapata, KM Blues, São Paulo dos Mortos, Nanquim Descartável, O Louco a Caixa e o Homem, A luta contra Canudos, Herança Africana no Brasil, 147 etc. Publicou pela Nemo e pela Via Lettera. Participou do coletivo Quarto Mundo e de várias coletâneas. Recebeu sete vezes o HQ Mix e duas vezes o Angelo Agostini.
CAPA-Por-mais-um-dia-com-Zapata-Daniel-Esteves-Alex-Rodrigues  zapata-101-123
Site

 

CALIL 1
DAVI CALIL

Nasceu na cidade de Guararema (SP), em 1979. Professor de Ilustração e pintura na Quanta Academia de Artes, é um dos fundadores do coletivo Dead Hamster. Pelo selo, lançou Surubotron e Quaisqualigundum (vencedora do troféu HQMix em 2015). É o responsável pelas cores do álbum Turma da Mata – Muralha, do projeto Graphic MSP dos estúdios Maurício de Sousa. Em 2016, Calil lançou Uma Noite em L’Enfer, publicado pela Editora Mino.
PAGINA2 PAGINA1
Site

 

Diego-Reeberg
DIEGO REEBERG

Aprendiz de poeta e fã de Calvino e Saramago, é administrador de empresas formado pela EAESP-FGV e co-fundador do Catarse, plataforma de crowdfunding que já ajudou a viabilizar mais de 2.700 projetos criativos no País.
Site

 

DIEGO SANCHEZ 2
DIEGO SANCHEZ

Ilustrador e quadrinhista carioca, estudou gravura na Escola de Belas Artes da UFRJ. Publicou diversos zines além das coletâneas Peixe Fora D’água (2011), Corazon (2012) e Libre! (2013), e dos livros Perpetuum Mobile (2013, relançado pela Editora Mino) e Pigmaleão (2014). Lançou em 2015 seu terceiro livro, Hermínia, também pela Mino. Seu último trabalho é Quadrinhos Insones, uma seleção de tiras publicadas desde 2012 no Facebook.
2 0023_revisada

 

douglas_utescher
DOUGLAS UTESCHER

Douglas Utescher é editor, livreiro, designer e produtor cultural paulistano. Junto com Daniela Utescher, cuida da Ugra Press, uma editora e loja especializada em quadrinhos e contracultura, e organiza o Ugra Zine Fest, evento anual dedicado às publicações independentes.
UGRA_colecao_maldito_seja  UGRA_chuva_de_merda
Site

 

Edson
EDSON KOHATSU

Começou como assistente de produção de quadrinhos para Ataíde Braz na editora Nova Sampa e seguiu como letrista e arte-finalista também ao lado de Roberto Kussumoto, produzindo as versões em quadrinhos de Jaspion, Changeman e Flashman. Em 1996, radicou-se em Curitiba, tendo sido um dos criadores do Gralha e do Capitão Gralha.

 

Emanuela Siqueira
EMANUELA SIQUEIRA

Mediadora do Clube Leia Mulheres de Curitiba, pesquisa mulheres escritoras desde 2008 e atualmente traduz escritoras da Geração Beat. É livreira e também escreve sobre cinema no site Quadro a Quadro.
Site

 

12347591_10208154894491871_5991163425893929254_n
ÉMERSON VASCONCELOS

Émerson Vasconcelos é jornalista, criador e coordenador da ComicCON RS, principal convenção de quadrinhos e cultura pop do Rio Grande do Sul, realizada no estado desde 2011 pela Produtora Multiverso. Doutorando em Comunicação pela Unisinos, desenvolve uma pesquisa sobre quadrinhos digitais. Foi colaborador de sites como Universo HQ, HQ Maniacs e Terra Zero, e também escreveu para a revista Mundo dos Super-Heróis.
Site

 

13620935_1314829878542351_2026902480884561829_n
ERIC PELEIAS

Nascido na capital paulista, é quadrinhista, designer e ilustrador. Já trabalhou para empresas como GP Brasil de F1, Editora Abril, Greenpeace, World Bank, Médicos Sem Fronteiras e Natura, entre outros. Publicou Ima – Sempre em Frente (2013); Eu, Super (2014); Olhos Insanos (2015); e, em 2016, criou Diário de um Super, a primeira série exclusiva da plataforma digital Social Comics.
Site

 

12715545_1139484556076267_2144866754934851418_n
ERICO ASSIS

Tradutor, jornalista e crítico especializado em quadrinhos. Como tradutor, participou da produção de obras importantes do quadrinho recente, principalmente nas editoras Companhia das Letras e Panini. Foi editor convidado do livro O Fabuloso Quadrinho Brasileiro de 2015 (editora Narval) e escreve sobre HQs em sites como Omelete, Blog da Companhia, no seu blog pessoal A Pilha, e no jornal Folha de São Paulo.
Site

 

11218616_10206333860681354_6803969133245429316_n
ESTELLE FLORES

É ilustradora e sócia da Selva Press, primeiro estúdio de impressão risográfica de Curitiba. Há dois anos vem organizando feiras de publicações e outras iniciativas que visam fomentar o segmento dos zines na cidade.
Site

 

FELIPE NUNES 1
FELIPE NUNES

Aos 21 anos, é quadrinhista, ilustrador e cursa Design Gráfico. Publicou três quadrinhos independentes: SOS (2011), Orome vol. 1 (2013), e Dodô (2015). Em 2014, lançou pela Balão Editorial sua primeira graphic novel, Klaus, que lhe rendeu o Troféu HQMIX 2014. Atualmente está desenhando a graphic novel infanto-juvenil O Segredo da Floresta, com Thedy Correa (Nenhum de Nós) para o selo Stout Club/Panini.
1 - tumblr_nw9mzvQSYF1slztpso3_1280
Site

 

Caruso3
FERNANDO CARUSO

Fernando Caruso é ator, roteirista e comediante. O que muita gente não sabe é que ele é, antes de tudo, nerd assumido. Na Caverna do Caruso, indica HQs obscuras, colabora para a revista Mundo dos Super Heróis, dubla o Agente Kallus de Star Wars Rebels e é integrante dos Podcrastinadores. Criou vários quadros nerds para seu programa Estranha Mente, no Multishow.
Site

 

Flavio_Soares_credito_Ramede_Felix
FLAVIO SOARES

Autor da webtira A Vida com Logan, ganhou o Troféu HQ Mix em 2015 na categoria melhor publicação de tiras com A Vida com Logan – O Mundo em Nosso Quarto. É editor de arte, diagramador, arte-finalista, letrista e ilustrador de livros infantis (Bia Quer um Cachorrinho, Ora Bolas! e Giz). Foi vencedor do 2º Prêmio Abril de Personagens com Meninos & Dragões (em parceria com o roteirista Lucio Luiz).
Para_ler_no_Sofa_CAPAS  VcL_Mundo_em_nosso_CAPAS
Site

 

10246505_818777328135820_4702498710994420758_n
FRANCIS ORTOLAN

Atua profissionalmente como Ilustrador. Publicou quadrinhos nas coletâneas Henshin! Mangá, Café Espacial, Bocas Sujas, tem uma charge mensal na revista Referência Florestal, e trabalhou como colorista em Fuga, história do selo MPS. Vem publicando na internet as series Maldita Karen e Ven & Pepê.
10931333_986659948014223_2754369585916500793_n  13317066_1283109908369224_7639231146233106634_o

 

Fulvio pisc 01
FÚLVIO PACHECO

Curitibano e coordenador da Gibiteca de Curitiba, participou de 13 revistas em quadrinhos e 37 exposições, entre coletivas e individuais. Foi editor da Editora Positivo e docente na pós de HQ da faculdade Opet, além de ter ministrado cursos na Gibiteca, na Praça do Japão, na Octopus, no Espaço de Arte, no Centro Guido Viaro e na Secretaria Municipal de Educação, onde coordenou o projeto Educultura.
LOIRA_pag_06
Site

 

11196228_10153595956933991_3996500182411455264_n
GIAN DANTON

Gian Danton começou a escrever quadrinhos em 1989. Entre os seus trabalhos mais conhecidos estão Família Titã, Manticore e O Gralha. É autor de diversos livros sobre quadrinhos, com destaque para Como escrever quadrinhos e Francisco Iwerten, a biografia de uma lenda. É detentor de um prêmio Ângelo Agostini como melhor roteirista.
Site

 

13335779_1199862006690917_3978286389351319901_n
GONÇALO JUNIOR

Pesquisador e autor de livros sobre histórias em quadrinhos como A Guerra dos Gibis, Maria Erótica, A Morte do Grilo, O Homem-Abril e O Mocinho do Brasil. Também escreveu roteiros para HQs desenhadas por Flávio Luiz (O Messias), Julio Shimamoto (Claustrofobia) e Nestablo Ramos (Natureza Humana). É autor da mais importante biografia escrita sobre o homenageado da Bienal de Curitiba, E Benício Criou a Mulher.
Site

 

475996-970x600-1
GUAZZELLI

Ilustrador, quadrinhista, diretor de arte para animação. Bacharel em Desenho e Mestre pela ECA-USP. Realizou a direção de arte do longa-metragem Até que a Sbórnia nos separe, premiado em 2013 no 41º Festival de Gramado. Publicou mais de quinze álbuns de quadrinhos  Em 2015, obteve primeiro e segundo lugar no Troféu Jabuti, na Categoria Adaptação para os Quadrinhos.
copia-de-pool-guazzelli-2  demnios-em-quadrinhos-de-aluisio-azevedo-por-guazzelli-D_NQ_NP_14742-MLB229019523_571-O
Site

 

Guilherme Caldas 1
GUILHERME CALDAS

Guilherme Caldas (Curitiba – 1973) é ilustrador, quadrinhista e artista plástico. Atua no circuito de publicações independentes desde o início dos anos 1990, tendo publicado seu primeiro fanzine em parceria com Olavo Rocha, com quem continua a produzir histórias em quadrinhos. Publicou, entre outros, os livros 1968 Ditadura Abaixo, Candyland e Cidade das Águas.
Guilherme Caldas Candyland Máquina do Tempo Guilherme Calds - Candyland Grand Prix p01
Site

 

13435299_1049386941782122_5990558079925533792_n
GUILHERME JACCON

Produtor cultural independente, é um dos idealizadores da Feira da Baronesa, evento anual de comercialização de impressos de artistas e editoras independentes. Tem como principal mania comer somente as jujubas azuis. Foto: Luana Navarro.

 

match
GUILHERME MATCH

Ilustrador profissional desde 2005, Guilherme Match já colaborou com várias campanhas publicitárias. Há alguns anos, vem desenvolvendo um projeto de quadrinhos intitulado Rocksling, que teve dois volumes publicados em 2015 de forma independente. Foi convidado e participou, com outros sete artistas, da HQ A Samurai, escrita por Mylle Silva. Também foi o primeiro professor de mangá no Centro Ásia, onde leciona há oito anos.

 

gustavo borges
GUSTAVO BORGES

Apesar da pouca idade e de estar no mercado há apenas dois anos, Gustavo já tem um currículo de peso. Depois de produzir duas webcomics de sucesso, uma sobre o filosófico castor Edgar e outra destacando a cadavérica e carismática protagonista de A Entediante Vida de Morte Crens (ambas tiveram edições impressas lançadas), o autor se uniu a colorista Cris Peter e usou o Catarse no ano passado para viabilizar, com sucesso, a graphic novel Pétalas.

 


GUSTAVO DUARTE

Gustavo Duarte é cartunista e quadrinista nascido em São Paulo em 1977. Como cartunista, colaborou com as principais revistas e jornais do Brasil nos últimos 20 anos. Desde 2009 tem trabalhado com histórias em quadrinhos como roteirista e desenhista. Suas histórias são encontradas em diversos países como Estados Unidos, França, Bélgica, Suíça, Alemanha, Argentina, Uruguai e Chile. Além dos seus próprios livros, publica em revistas de editoras como DC, Marvel e Dark Horse.
   54
Site

 

10155867_807248212630047_3895160112336093716_n
GUSTAVO RAVAGLIO

Publicou em 2015 a HQ Os contos do Planta, a primeira do mercado editorial brasileiro a possuir capa inteiramente animada e tridimensional. Criador da coleção Capa Preta Quadrinhos Independentes, com dois livros publicados. Leciona na PUCPR nos cursos de design e atua também na área de design de produto, gráfico e ilustração.
263438_231611743527033_1412572_n 263034_231613680193506_4871847_n
Site

 

Ichirou
ICHIROU

Quadrinhista e ilustrador com forte inclinação para a ficção científica. Foi o grande ganhador por dois anos consectivos do Silent Manga Audition – uma competição internacional de quadrinhos sem diálogos organizado pela Coamix.Co – com as histórias Father’s Gift (2014) e Homesick Alien (2015). Também colaborou para as coletâneas nacionais Gibi Quântico, Fronteira Livre e Visualizando Citações 2.
Ichirou_Alta01  Ichirou_Alta02
Site

 

10013
JAGUAR

Sérgio de Magalhães Gomes Jaguaribe nasceu no Rio de Janeiro em 1932, e já atuou como caricaturista, ilustrador, desenhista, jornalista e cronista. Começou sua carreira em 1957, na página de humor da revista Manchete, passou pela Senhor, e trabalhou por oito anos no jornal Última Hora. Em 1968, lançou Átila, você é um bárbaro, uma antologia de seus cartuns. Funda em 1969 o semanário carioca O Pasquim, ao lado de Millôr Fernandes, Tarso de Castro, Sérgio Cabral, Henfil, Paulo Francis e Ziraldo. No jornal, cria o rato Sig, que se torna o símbolo oficial da publicação. Também criou Gastão, o vomitador; Boris, o homem tronco e o cartum Chopnics, publicado inicialmente no Jornal do Brasil. Em 1999, edita a revista Bundas, e nos anos seguintes lança os livros Ipanema – Se Não Me Falha a Memória e Confesso que Bebi, Memórias de um Amnésico Alcoólico.
55_13-alt-JAGUAR

 

13220970_1041032319304575_1032497367858690189_n
JAJÁ FÉLIX

Docente em Artes, faz quadrinhos e ilustrações. Criador das séries No fim do rolê só sobra eu & a rua, Espírito de porco e outras. Publica frequentemente no Facebook na sua página pessoal Jajá Félix e todos os sábados na página coletiva de webtiras O Banquete.
13686609_1383906614970508_8905022309276251014_n  12122529_1163184507048783_7060185217571430638_n
Site

 

janaina
JANAÍNA DE LUNA LARSEN

Depois de trilhar uma carreira no ramo editorial, Janaina se uniu ao marido Lauro e lançou, em 2014, a editora Mino, que tem como ênfase a independência na linha editorial e o arrojo na produção gráfica de suas HQs. A Mino já conseguiu, em menos de dois anos, amealhar alguns dos grandes talentos dos quadrinhos nacionais e lançar mais de 15 títulos.

 

12805887_1122874974399062_8311388148742703968_n
JANAINA MOSCAL

É doutoranda em Antropologia Social na UFSC e pesquisa as temáticas de música, campesinato arte e política. Em meados dos anos 2000 iniciou trabalho na área de comunicação e cultura em assentamentos ligados ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Desde 2008 desenvolve pesquisa sobre música e outras linguagens artísticas no MST, com mestrado em Antropologia Social concluído na Universidade Federal do Paraná. Atua também como pesquisadora nas áreas de patrimônio e cultura popular, trabalhando como técnica e consultora em ações de inventário e salvaguarda.

 

João Pinheiro 01
JOÃO PINHEIRO

Apesar de recente, a relação profissional de Pinheiro com os quadrinhos já se mostra bastante intensa. Autor de Kerouac (Devir, 2011) e Burroughs (Veneta, 2015), também lançou as HQs O espelho de Machado de Assis e A lenda do belo Pecopin e da bela Bauldour (Mercuryo Jovem, 2012 e 2014), ambas em parceria com o escritor Jeosafá Fernandes Gonçalves. Também publicou quadrinhos nas revistas: Front, Graffiti, +Soma, Hipnorama (Argentina), Inkshot (EUA), Serafina (Folha de S.Paulo), Imaginários em Quadrinhos. É o criador e editor da revista virtual Projeto Bill: http://projetobill.com. Também está envolvido na criação da biografia em quadrinhos da escritora Carolina Maria de Jesus com o apoio do PROAC 2014, lançada recentemente pela Veneta.
João Pinheiro 03
Site

 

10550940_535990629863274_7447985453365447319_n
JOSÉ MARCONI BEZERRA

Professor de design e ilustração da UTF-PR, é um dos fundadores do “Croquis Urbanos Curitiba” e da extensão universitária “Desenhadores de Rua”, ambas dedicadas ao registro gráfico da cidade e de seus habitantes. Nascido e formado na Paraíba, concluiu em 2008 um PhD em design na Universidade de Reading (Inglaterra) e foi convidado para morar em Curitiba.
10608736_535989946530009_1517442610236338658_o (1)  Croquis Urbanos no Zoombie Walk 2016  Folha - Copia1-001

 

JR Hellboy Menezes -
JUNIOR HELLBOY

Músico com anos de experiência na noite, compositor e roteirista, Hellboy reuniu a nata do rock curitibano, e seu grupo vem trabalhando em uma ópera rock multimídia que envolve música conceitual e quadrinhos, com arte de Ramon Muniz e Ibraim Roberson. A estreia da primeira parte está prevista para a Bienal de Quadrinhos de Curitiba.

 

JUSCELINO_NECO
JUSCELINO NECO

Juscelino Neco é quadrinhista e autor das graphic novels Parafusos, Zumbis e Monstros do Espaço (2013) e Matadouro de Unicórnios (2016), ambas publicadas pela editora Veneta. Em 2015 lançou o livro Zumbis para Colorir, publicado nos EUA, Rússia, França, Taiwan e vários outros países. Suas obras fundem comédia e horror.
Matadores-640x400  download
Site

 

Lançamento da campanha. Museu de Arte do Rio- MAR, Rio de Janeiro, Brasil; 22/04/2015Laerte
LAERTE

Nascida em 1951, em São Paulo, Laerte Coutinho é considerada uma das artistas de quadrinhos mais importantes do país. Aos 57 anos, assumiu a transexualidade, abrindo uma profunda discussão sobre a identidade de gênero no Brasil. Sua carreira teve início, efetivamente, com a criação da revista independente Balão, em 1972. Após larga experiência em publicações sindicais, colaborou com O Pasquim em 1982, lançou o livro O Tamanho da Coisa (1985) e começou uma colaboração com a editora Circo em revistas como Chiclete com Banana, Circo e Piratas do Tietê. Fez roteiros para programas da TV Globo como TV Pirata, TV Colosso e Sai de Baixo. Lançou diversos livros com o seu trabalho, sendo que os mais recentes são Laertevisão: Coisas que não esqueci (2007) e Muchacha (2010). Sua farta produção de tiras ganhou novos contornos na última década, como se pode ver na página de quadrinhos da Folha de São Paulo e no site Manual do Minotauro. Foto: Claudia Ferreira.
images  laerte-ignorante-1
Site

 

10460719_735111139881241_4400680983675925766_n
LEONARDO MELO

É roteirista e editor de quadrinhos. Trabalha com HQs desde 2006 de forma independente, sendo Undeadman – A Saga de um Imortal, Sequestro em Três Buracos, Clássicos Revisitados e O Gralha alguns dos títulos que criou e/ou editou. Atualmente administra o www.qdcomics.com, para a distribuição de HQs digitais, e a editora Quadrinhópole, que publica projetos seus e de outros artistas alternativos.
Site

 

DSC07259
LÍBER PAZ

É professor da Universidade Tecnológica do Paraná, pesquisador de quadrinhos e autor dos álbuns As Coisas que Cecília Fez e Dias Interessantes.
CAPAflat
Site

 

image1
LIELSON ZENI

Nasceu em Francisco Beltrão em 1980. Mudou-se para Curitiba em 2000, a fim de cursar a faculdade, e mudou-se para São Paulo em 2011. Graduado em Comunicação Social e Letras, fez mestrado sobre HQs. Trabalhou como editor de quadrinhos, professor, resenhista e roteirista. Atualmente, escreve sobre HQs no site Balbúrdia.
Site

 

13407152_1067266353361970_8939313154860468616_n
LILA CRUZ

Depois de se graduar na Faculdade Social da Bahia, a soteropolitana Lila Cruz passou a atuar mais ativamente como jornalista e quadrinista. Alimenta diariamente uma página de HQs no Facebook, onde expõe ilustrações em galerias na vida real e divulga seus zines. Viabilizou no Catarse o Projeto Quadrada, que consiste de revistas como Desnuda, Nostálgica e Ansiedade. Lançou mais recentemente Vergonha Pocket, Poezine e Tabuleiro. Fez ilustrações para as agendas do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) e um trabalho com o Centro de Referência Integral de Adolescentes (Cria), de Salvador. Prepara para breve o lançamento dos zines Caos e O que tem dentro da minha cabeça.
Lila Cruz 01  Lila Cruz 02
Site

 

Lovelove6 01 [crédito Beatriz Perini e Rodolfo Brasil]
LOVELOVE6

Por não conseguir viabilizar sua produção, Lovelove6 começou a se autoeditar em 2013, e produzir suas HQs tanto em formato impresso como na internet. Seu primeiro livro, a HQ Garota Siririca, foi financiado após uma bem-sucedida campanha no Catarse. Narrando uma história sobre sexualidade, quebra de estereótipos e amizade feminina, a obra merece destaque ao trazer uma visão feminista da masturbação. A autora também atua como uma das organizadoras da Feira DENTE, realizada anualmente desde 2015 em Brasília, Distrito Federal.
1002291_158904534293629_1192437080_n tumblr_ndamq2Fntl1qemq25o1_1280
Site

 

Retrato_Luana
LUANA NAVARRO

Desenvolve trabalhos em que se vale de fotografia, vídeos, performances, textos, leituras em voz alta e publicações. Organizou e lançou, em 2016, as publicações Corpo sem sinônimo e Biblioteca para corpos em expansão. Junto com outros artistas, foi editora da revista de arte Abrigo Portátil, lançada este ano pela editora Medusa.
Site

 

Lubi Prates
LUBI PRATES

Poeta e editora das revistas literárias Parênteses e Adelitas, dedica-se a ações que combatem a invisibilidade das mulheres no meio literário, como o Leia Mulheres e o festival [eu sou poeta]

 

_DSC1839
LUCIANO CUNHA

Formado em Belas Artes, o primeiro emprego de Luciano Cunha, então com 16 anos, foi ao lado de Ziraldo, desenhando o gibi do Menino Maluquinho, no final dos anos 80. Com mais de 20 anos de carreira, já trabalhou como designer e ilustrador em agências de publicidade e como diagramador e infografista para quase todos os jornais diários do Rio. É criador do personagem Doutrinador, que já estrelou duas graphic novels.
TREM_Flatten  PIN UP_Guardian
Site

 

12345610_877355779048830_5979642059361733135_n
LUIZ GÊ

Luiz Geraldo Ferrari Martins, mais conhecido como Luiz Gê, formou-se em arquitetura na Universidade de São Paulo, em 1977. Em 1987 foi fazer pós-graduação no Royal College of Art, em Londres. Fundador da revista Balão, foi editor de arte da revista Status (1985-86) e trabalhou como chargista na Folha de São Paulo entre 1976 e 1984. Colaborou com O Estado de São Paulo, Jornal da Tarde, Jornal do Brasil, Jornal da República, O Pasquim, Movimento, Veja, Placar, Visão e IstoÉ. Fez capas e encartes dos discos Clara Crocodilo e Tubarões Voadores, de Arrigo Barnabé. Publicou os livros Macambúzios e Sorumbáticos (1981), Quadrinhos em fúria (1985), O mal dos séculos (1987) e Território de bravos (1993), além de editar a revista Circo entre 1986 e 87. Depois de se distanciar de projetos autorais por um tempo, quando atuou como professor de quadrinhos no Curso de Desenho Industrial da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie, em São Paulo, lançou nos últimos anos trabalhos como a adaptação de O Guarani e a antologia Ah, Como Era Boa a Ditadura…
images  Tubaroes
Site

 

magenta_portraits_bienal_01
MAGENTA KING

É ilustrador e quadrinhista. Trabalhou como designer gráfico e de embalagens. Coescreveu e desenhou EP e 5/5. Desenhou por alguns meses a série Teedee e Pigs para o site Leelo. Lançou em 2015 o álbum 9 Horas, que conta uma aventura surreal passada em Tóquio. Atualmente produz seu primeiro trabalho em quadrinhos para os Estados Unidos.
spider  japan_girl_special_001
Site

 

Marcatti 01
MARCATTI

Publicou sua primeira história os 15 anos, na revista Papagaio do Colégio Equipe. Uma herança, em 1980, o levou a comprar a impressora offset de mesa Rex Rotary modelo 1501, com a qual fundou a editora Pro-C, que lançou seus títulos Mijo, Lodo, Prega e Ventosa. Ao longo desse período, também publicou suas histórias em revistas como Chiclete com Banana, Tralha, Monga, Casseta & Planeta, Mega e Mil Perigos. Criou, em 2001, o personagem Frauzio para uma revista mensal, lançada pela editora Escala. Em 2005, lançou sua primeira graphic novel, Mariposa. Dois anos depois, adaptou o romance A Relíquia, de Eça de Queiroz. Foi colaborador da revista Mad a partir de 2008, e hoje, com uma nova rotativa em casa, intensificou a produção de suas HQs independentes.
capa_perpetua  happy_hour_1-e1435790775190
Site

 

Projeto Retrato de Quadrinistas - QuantaCon2012 - Rafael Roncato
MARCELO D’SALETE

Nascido na cidade de São Paulo em 1979, Marcelo estudou design gráfico no Colégio Carlos de Campos, é graduado em artes plásticas e mestre em história da arte pela Universidade de São Paulo. Publicou diversas histórias em quadrinhos nas revistas Front, Graffiti, Quadreca, Suda Mery K! (Argentina), Contos Bizarros, +Soma e Stripburger (Eslovênia). Ilustrou livros infantis e participou de exposições de quadrinhos no Brasil e em Portugal. Publicou o álbum Noite Luz (Via Lettera, 2008), com seis histórias em quadrinhos de sua autoria, também lançado na Argentina pela editora Ex-Abrupto. Seu trabalho seguinte, Encruzilhada (2011), saiu pelo selo Barba Negra da editora Leya, e foi relançado recentemente pela Veneta. Em Cumbe (Veneta, 2014), um de seus trabalhos mais elogiados, D’Salete remete ao período colonial. A obra mais recente do autor é Risco (Cachalote, 2014). Foto: Projeto Retrato de Quadrinistas – QuantaCon2012 – Rafael Roncato.
cumbe01  cumbe
Site

 

foto_MARCELO_LOPES2
MARCELO LOPES

Artista, ilustrador e professor, Marcelo é proprietário do estúdio de Ilustração Degradê. Publicou dezenas de livros infantis, cartilhas e livros didáticos. Participou de várias coletâneas de Quadrinhos e é responsável pela arte da HQ “Barão do Serro Azul – Herói da Paz”. Possui prêmios em ilustração publicitária e várias indicações em premiações literárias como o Jabuti.  É delegado cultural e representa o segmento da ilustração na Fundação Cultural de Curitiba.
Site

 

1511009_1568498170030678_7603441437684333737_n
MARCELLO QUINTANILHA

O primeiro trabalho do artista que então assinava como Marcello Gaú saiu em 1988, nas páginas do gibi de artes marciais Mestre Kim, da Bloch. Ao concluir o segundo grau, começou a trabalhar como animador para o curso de inglês CCAA. A convite de Rogério de Campos, diretor da editora Conrad, passou a colaborar com as revistas General e General Visão. No mesmo período, criou trabalhos também para as revistas Nervos de Aço, Metal Pesado, Zé Pereira e Heavy Metal. Sua primeira graphic novel, Fealdade de Fabiano Gorila (1999), era uma história baseada na vida de seu pai, que foi jogador de futebol do Canto do Rio na década de 1950. Em 2003, deu início à sua carreira internacional com o álbum La promesse, primeiro volume da série “Sept balles pour Oxford”, com roteiro do argentino Jorge Zentner e do espanhol Montecarlo. Por conta disso, mudou-se para Barcelona e passou a publicar também nos jornais espanhóis El País e Vanguardia. Mais recentemente, produziu alguns de seus melhores trabalhos, como as antologias Sábado dos meus amores (2009) e Almas públicas (2011), e as graphic novels Tungstênio (2014) e Talco de Vidro (2015). Em 2016, recebeu o prêmio Fauve Polar SCNF do Festival de Angoulême, principal premiação francesa de histórias em quadrinhos, por Tungstênio. Seu último trabalho, a antologia Hinário Nacional, foi lançada há poucos meses.
Conheca-Hinario-Nacional-a-nova-HQ-de-Marcello-Quintanilha-O-proximo-trabalho-do-quadrinista-vencedo  download
Site

 

MarcoJacobsen012
MARCO JACOBSEN

Nascido em Santos (SP), Jacobsen vem, desde os anos 1980, publicando seus trabalhos em diversos veículos como Nicolau,Correio de Notícias, Jornal do Estado, O Estado do Paraná, Tribuna do Paraná e Sexy. Colaborou em obras como Lenda das águas (em parceria com Zeca Corrêa Leite), a coletânea de humor gráfico Confesso,  o volume Lendas Brasileiras – Natureza Viva e é autor do livro infantil O Dia das Mães.

 

Tessieeu
MARIA CLARA CARNEIRO

Professora da UNEB e Doutora em Teoria Literária pela UFRJ com uma tese sobre quadrinhos, OuBaPo e listas. Colabora com o Groupe de Recherche sur le Neuvième Art da Sorbonne e com o site Balbúrdia. Traduziu Killoffer, Bastien Vivès, David B., Toppi, é funcionária nº1 da Barba Negra e testemunha ocular da História das Histórias em Quadrinhos Nacionais.
Site

 

download (1)
MARIAMMA FONSECA

Mariamma Fonseca é idealizadora do site Lady’s Comics, jornalista por formação e ilustradora por opção. Coordena uma Gibiteca na Bahia e sempre atuou no ramo da cultura.
Site

 

2016-05-10-Travessa-4552
MARIANA PARAIZO (MAZÔ)

Autora dos quadrinhos O Ateneu, O Pirilampo Telegrafista (do site Nébula), John (na coletânea Badboyfriends) e da série de tirinhas Viagem ao Centro da Terra. Editora do Jornal Altamira, estudante efetiva, acredita nas artes como pesquisa crítica de campo, cujo terreno é o mundo (e além).
FILE20212  FILE20266
Site

 

13173894_999358336819596_4921526795531295402_n
MATEUS SANTOLOUCO

Nascido em 1979, na cidade de Porto Alegre, Mateus Santolouco trabalhou durante nove anos para o mercado publicitário local. Em 2006, Mateus voltou seus esforços exclusivamente para a indústria dos quadrinhos e, desde então, publicou em editoras como Image Comics, Marvel Comics e DC Comics, incluindo a primeira temporada de Dial H (dos Novos 52 da DC), escrito pelo premiado romancista China Miéville. Sua minissérie de estreia no mercado norte-americano de HQs, 2Guns, escrita por Steven Grant e publicada pela Boom! Studios, foi recentemente adaptada por Hollywood para o filme de mesmo título estrelado por Denzel Washington e Mark Wahlberg. Como escritor/artista, Mateus cocriou, co-escreveu e co-ilustrou, juntamente com Eduardo Medeiros e Rafael Albuquerque, a graphic novel Mondo Urbano, publicada pela nos EUA pela Oni Press e no Brasil pela editora Devir. Atualmente, é um dos principais artistas da série Teenage Mutant Ninja Turtles, da editora IDW Publishing.
248444_112641038824668_7029320_n  258838_112641548824617_574567_o
Site

 

DSC_7013-2
MEL

Formada em Artes Visuais, é ilustradora de livros infantis e quadrinhos.
gumball e darwin  bambi

 

564012_638243109539699_674233435_n
MYLLE SILVA

É escritora, roteirista, editora e artesã. Trabalha com quadrinhos desde 2013 e participou ativamente na elaboração das HQs Maki, Batsuman e Paf Paf. Em 2015, junto com Yoshi Itice, deu início ao estúdio Manjericcão, ano em que editou a coletânea Fliperamas e desenvolveu o primeiro volume de A Samurai, HQ colaborativa na qual fez sua estreia como roteirista e que teve distribuição em bancas de todo o Brasil.
Site

 

Tiziu foto
O TIZIU

Lançou, recentemente, o livro-CD-HQ Zed – Estudos Musicais, uma publicação didática, com partituras, CD e história em quadrinhos. Uma obra que carrega a imagem e o som de Curitiba. Sob o olhar mágico de Tiziu, desvenda-se um mistério que ronda os túneis do Largo da Ordem. A morada do “Zed” é o coração da cidade, que ganha vida e música na arte transversa de André Caliman e Tiziu.
capa-altern-alta
Site

 

crrz-carica
PABLO CARRANZA

Cartunista e quadrinista que milita na cena independente. Lançou seu primeiro livro Se a VIda Fosse Como a Internet(vencedor do troféu HQMix de melhor publicação de humor de 2012), depois o zine Xingamentos Literais, e atualmente publica sua revista de humor errado Smegma Comix, que atualmente está em sua terceira edição.

 

13662234_10206748609094935_6149686802413387657_o
PAULA PUIUPO

Paula Puiupo é uma artista portuguesa de 19 anos radicada em São Paulo, Brasil. Seu trabalho articula-se com quadrinhos, animação e fotografia. O grotesco e a melancolia são temas recorrentes. Trabalha dentro de um universo íntimo, acompanhado por narrativas não-lineares. Puiupo já teve o seu trabalho publicado em antologias, zines e livros autorais em Portugal, Brasil, Canadá e Estados Unidos.
Site

 

foto
PAULO KIELWAGEN

Paulo Henrique Nascimento Kielwagen é designer gráfico desde 2006 e atualmente leciona no curso Design, Artes Plásticas e Jogos Digitais da PUC Campinas. Entre seus trabalhos estão as webtiras e os livros Blue e os gatos e Blue – Um dia de gato, vencedores do Troféu Angelo Agostini como Melhor Web Quadrinho de 2014; e as tiras e histórias em quadrinhos do Menino Caranguejo, premiadas com o HQ MIX e o Angelo Agostini em 2007.

 

FOTO PAULO RAMOS
PAULO RAMOS

Jornalista e professor do Departamento de Letras da Universidade Federal de São Paulo. Coordenador do Grupesq (Grupo de Pesquisa sobre Quadrinhos) e integrante do Observatório de Histórias em Quadrinhos da Universidade de São Paulo. É autor de vários livros sobre quadrinhos, como Bienvenido e Faces do Humor. Venceu cinco troféus HQMix.
BIENVENIDO 2 - CAPA
Site

 

11954720_10153356671457740_4865582613181386079_n
PEDRO FRANZ

Mestre em Artes Visuais pela Universidade Estadual de Santa Catarina, Pedro Franz tem desenvolvido uma carreira nos quadrinhos que se estende para a galeria de arte e para as mais diversas formas de instalações. Nascido em Santa Catarina, ele já publicou trabalhos como Limbo (2010), Bukkake (2012), Potlatch (2012) e Incidente em Tunguska (2015). Seu projeto de maior destaque foi a graphic novel Suburbia, baseada na minissérie homônima exibida pela TV Globo em 2012. Em 2009, ganhou o Troféu HQ Mix por seu Trabalho de Conclusão de Curso (“A quarta dimensão do trabalho de Breccia”, pela UFSC) e, em 2013, conquistou novamente o troféu, dessa vez na categoria Novo talento (desenhista).
1517770_10152692709622740_3219052874497955173_o  12994570_10153835455467740_6405860235033554970_n
Site

 

FOTO PEDRO 1
PEDRO COBIACO

Nasceu em 1996. Começou a trabalhar com quadrinhos em 2010, para a Folha de São Paulo. Desde então lançou, em edições independentes, dois livros: Bolhas (2011) e Harmatã (2013, relançado pela editora Mino em 2015). O álbum Aventuras na Ilha do Tesouro, que foi publicado na internet, foi impresso pela editora Mino também em 2015.
Harmata 11  04-18
Site

 

pedro_coelho
PEDRO COELHO

Tem 12 anos e vive em Curitiba. Ilustrador da Seção Ideias da Folhinha (Folha de São Paulo). Vencedor do Salãozinho de Humor de Piracicaba na categoria 11-14 anos em 2015. Terceiro lugar no mesmo salão na categoria 7-10 anos em 2014. Ilustrou o livro O dia de ver meu pai de Vivina de Assis Viana, para a Lê Editora, em parceria com o pai, Rogério Coelho.
pedro_coelho_ilustra_1  pedro_coelho_ilustra_2

 

DSC_7035-2
PHELLIP WILLIAN

Professor de língua portuguesa e pesquisador de histórias em quadrinhos. Além disso, também escreve histórias usando a linguagem da arte sequencial.
post  CapaOnirica
Site

 

13903207_1378307702185648_1722777657023260646_n
PRYSCILA VIEIRA

Pryscila é curitibana, cartunista e desde a tenra idade, quando permutava desenhos por lanches alheios, pouca coisa mudou. Ela ainda vende seus desenhos para revistas, empresas, agências e jornais, onde publica sua principal personagem de humor, a Amely, uma boneca dotada de pensamentos e sentimentos como qualquer mulher de verdade, criada em 2005. Desde então, a artista vem sendo convidada para exposições sobre os direitos da mulher que acontecem em todo o mundo e concorreu duas vezes ao HQMix na categoria Melhor Tira Nacional (2009 e 2011). Seu trabalho pode ser visto regularmente em publicações como o Metro Internacional (2007 a 2010), Folha de São Paulo (2010 a 2015) e UOL Notícias. Em 2015, Amely completou 10 anos e, para comemorar a data, foi organizada uma exposição com tirinhas e esculturas da personagem (esculpidas pela própria Pryscila), que passou por várias cidades do país.
13654418_1357539797595772_3942646795602097465_n  13872784_1374742785875473_1568687980303942751_n
Site

 

rafael correa -foto by Carol de Goes-2
RAFAEL CORRÊA

Rafael Corrêa já foi premiado em salões internacionais de países como Argentina, Alemanha, Turquia e Armênia e também no Salão de Humor de Piracicaba. Sua notável capacidade de síntese permite com que ele desenvolva quadrinhos com pouco diálogo, mas muito significado, sejam românticos ou políticos. Em 2010, Rafael descobriu que havia desenvolvido esclerose múltipla, doença degenerativa que atinge o cérebro e a medula e compromete aos poucos a capacidade de controlar movimentos e funções do corpo. Por conta disso, passou a publicar, em média, uma página da série “Memórias de um esclerosado” por semana, em que fala, de maneira leve, sobre a sua dificuldade de realizar tarefas cotidianas e a angústia de não saber o que, exatamente, está acontecendo com seu corpo.
006  001

 

Rafael Sica | .nankeen.Rafael Roncato | All Rights Reserved
RAFAEL SICA

Rafael Sica teve seu trabalho publicado em revistas como Piauí e +Soma, no caderno Folhateen da Folha de São Paulo e na publicação independente Tarja Preta. Vencedor de dois prêmios HQ Mix (Desenhista Revelação e Web Quadrinhos), é considerado um dos mais influentes quadrinistas brasileiros dos últimos tempos. A exposição Cinza-Choque, apresentada no Museu do Trabalho em Porto Alegre em 2009, contou com treze desenhos inéditos seus, feitos a lápis, e chamou ainda mais a atenção de todos para a sua versatilidade. O alto nível de sua produção o levou a publicar, em 2011, a coletânea da série de tiras “Ordinário”, que vinha sendo veiculada pelo seu blog desde 2009. Essas tiras, em preto e branco e sem falas, retratam a vida na metrópole, marcada por sentimentos intensos como solidão, tristeza, medo e horror, sempre com um humor ácido e um toque de surrealismo. Foto: Rafael Roncato.
Rafael Sica 03  Rafael Sica 04

 

RamonVitral
RAMON VITRAL

Criou o blog Vitralizado em 2012. Trabalhou para o jornal O Estado de S. Paulo e foi freelancer de Londres para O Globo, Folha de São Paulo e Estadão. De volta ao Brasil, tem colaborado com publicações como Rolling Stone, Azul Magazine, Opera Mundi e Monet. Já entrevistou quadrinhistas como Chris Ware, Scott McCloud, Rutu Modan, Liniers e Laerte.
Site

 

Screen Shot 2016-08-12 at 5.38.08 PM
Raoni Marqs

Ilustrador, roteirista e quadrinista. Ele é formado em cinema e curte café sem açúcar e twix. Autor das HQs Khorn, Kill Back, Nori, Bull Kid, Maneki Knight e dono do canal Bendaora no Youtube.

 

Ricardo Antunes e Benicio [crédito Reference Press] 05
RICARDO ANTUNES

Nasceu em São Paulo e trabalha há 34 anos como ilustrador publicitário, designer gráfico e editor. De 1985 a 1990 foi professor na Escola Panamericana de Arte (SP), e em 1990 abriu o seu estúdio em Lisboa, Portugal. É moderador do fórum Ilustragrupo e trabalhou no Guia do Ilustrador. É editor da revista Ilustrar e da Referência Press. Em 2013 foi membro do júri do World Press Cartoon e da 10ª Bienal Brasileira de Design Gráfico.
Site

 

11140410_10205182229050085_3336196350620265536_n
RICKY GOODWIN

Jornalista há 48 anos, fez parte da turma do Pasquim (durante 14 anos), da revista Mad (por oito anos), e trabalhou com o grupo Casseta & Planeta (19 anos). Curador de grandes eventos do desenho como o Salão Carioca de Humor, o Festival Internacional do Humor, fez parte da equipe que organizou as Bienais Internacionais de Quadrinhos do Rio e de BH e da Rio Comicon. Dirige desde 1989 a Pacatatu, agência que distribui material de humor para jornais.
Site

 

Robson Villalba vai lançar seu livro em quadrinhos sobre o golpe de 1964
ROBSON VILALBA

Iniciou sua carreira como chargista e ilustrador no jornal A Tribuna (Rondonópolis-MT). Atualmente, trabalha na Gazeta do Povo e tem publicado reportagens em quadrinhos na revista Le Monde Diplomatique Brasil. Teve trabalhos selecionados para a III Bienal de Humor Luís d’Oliveira Guimarães, em Portugal, e ganhou prêmios na China e no Brasil. Publicou em 2015 o livro de jornalismo em quadrinhos Notas de Um Tempo Silenciado.
notas-de-um-tempo-silenciado-e28093-robson-vilalba
Site

 

10689533_10205426673365061_11537866900359481_n
RODRIGO ROSA

Nascido em 1972, ilustrou adaptações para os quadrinhos de livros como Os Sertões (de Euclides da Cunha) Dom Casmurro (de Machado de Assis) e O Cortiço (de Aluísio Azevedo), e da graphic novel Kardec (roteiro de Carlos Ferreira). Ganhador do prêmio Jabuti com a adaptação de Grande Sertão: Veredas (de Guimarães Rosa). Editor da FIGURA Editora, que estreou em 2016 com o livro Sharaz-De – Contos de as Mil e Uma Noites, de Sergio Toppi.
20362_1355469725587_4001980_n  13240565_10209660700333089_6885227334871367007_n
Site

 

servletrecuperafoto
RODRIGO SCAMA

Rodrigo Otávio dos Santos é formado em História, mestre em Tecnologia, doutor em Historia e roqueiro incondicional. Não desenha nem roteiriza quadrinhos, mas ao longo da vida (entre monografias, mestrados e doutorados) já escreveu mais de mil páginas sobre o tema. É professor do Mestrado em Educação e Novas Tecnologias da Uninter, colaborador do Universo HQ, e mantém o KitineteHQ, um canal no Youtube em parceria com Liber Paz.

 

Artista - Rodrigo Tramonte - Daniel Queiroz - 07.dezembro.2015-_GQ53641_ DGQ
RODRIGO TRAMONTE

Nascido em Florianópolis (SC), é cartunista, caricaturista, palestrante e empreendedor social. Bacharel em Artes Plásticas pela Universidade do Estado de Santa Catarina, pós-graduado em Produção Multimídia pelo Complexo de Ensino Superior de Santa Catarina, é colaborador da ONG Projeto Autonomia (Florianópolis-SC) e autor do livro Humor Azul – o lado engraçado do autismo.
Capa-livro-humor azul  tira-pintura-hiperfoco
Site

 

Roger Cruz 03
ROGER CRUZ

Rogério da Cruz Kuroda (paulista, nascido em 1971) começou sua carreira como letrista nos gibis da Editora Abril. Posteriormente, com o pseudônimo RoC.K., foi o autor de duas histórias na revista Mil Perigos e de muitas outras na editora Vidente, para a qual trabalhou como assistente de arte. Através da agência Art & Comics, iniciou uma carreira no mercado norte-americano, tendo desenhado títulos da Marvel Comics como Hyperkind, Ghost Rider, Hulk, Uncanny X-Men, X-Men Alpha, X-Men Omega, X-Patrol, Generation X, X-Caliber, X-Factor e Avengers Timeslide. Durante um ano, trabalhou para a Image Comics nas séries Team Youngblood, Brigade, Angela & Glory e Youngblood. De volta à Marvel, desenhou histórias dos X-Men, do Surfista Prateado e da Tropa Alfa. Para a DC, desenhou uma história curta na revista The Batman Chronicles. Paralelamente, desenvolveu trabalhos para as revistas nacionais Metal Pesado, Brazilian Heavy Metal e Wizard Brasil. Foi um dos fundadores do estúdio Fábrica de Quadrinhos, e nesse período fez character design para o programa de televisão As Aventuras de Tiazinha, da Rede Bandeirantes. Voltou ao mercado norte-americano, mas acabou desistindo de publicar pelas majors locais, preferindo se concentrar em projetos autorais como a graphic novel Xampu. Mais recentemente, desenhou a Graphic MSP da Turma da Mata e foi bastante premiado pela graphic novel Quaisqualigundum, inspirada em canções de Adoniran Barbosa.
Roger Cruz 05  Roger Cruz 01
Site

 

rogerio_coelho_PB
ROGÉRIO COELHO

É ilustrador profissional desde 1997, tendo exibido seus talentos em muitas obras literárias e livros didáticos, além de ilustrar cartazes e revistas, aplicativos para Ipad, cenários para jogos e histórias em quadrinhos. Seu trabalho mereceu a montagem de exposições como Ilustrando em Revista, promovida pela Editora Abril. Também foi laureado com a menção de “altamente recomendável ” da FNLIJ e o prêmio Jabuti em 2012, como autor na categoria livro didático e paradidático. Foi finalista do prêmio Abril de Jornalismo, na categoria ilustração, em 2011. Nos últimos anos, deu uma guinada rumo ao mercado de quadrinhos, tendo escrito e ilustrado uma elogiada Graphic MSP estrelada pelo personagem Louco.
rogerio_coelho_660  rogerio_coelho_486
Site

 

227073_108672702553819_5645097_n
ROGÉRIO DE CAMPOS

Autor, editor, jornalista e tradutor, foi o criador de revistas como Animal e General. Foi fundador e diretor editorial da Conrad Editora. Atualmente dirige a editora Veneta. Ganhou vários prêmios com seu trabalho como autor e editor, inclusive um Jabuti. É autor de Imageria, O Nascimento das Histórias em Quadrinhos.

 

577644_3748692320889_1975989224_n
RYOT

Ricardo Yoshio Okama Tokumoto, ou Ryot, nasceu em 1986 na cidade de Limeira, interior de São Paulo. Mudou-se pra Belo Horizonte em 2006 e cursou a faculdade de Belas Artes na UFMG, com bacharelado em Cinema de Animação. É responsável pelo site ryotiras.com desde 2007. Autor de vários fanzines e livros, como coletâneas de tiras, quadrinho infantil e mangá.
13680432_10154334790991894_725865595673903255_o  13925453_10154339900651894_3129247318516443874_o
Site

 

13335870_1050751524999875_7092573766104580606_n
SAMANTA FLÔOR

Gaúcha, é formada em Arquitetura e trabalha como ilustradora e cartunista freelancer. No ano passado, lançou seu primeiro livro infantil (O Astronauta de Pijama), e uma HQ em parceria com Diogo César (Chance). Também participou de algumas coletâneas (SPAM, Aqui e Acolá), assim como do Guia do Falido e da homenagem aos 80 anos de Mauricio de Sousa.
13708417_10153803503501958_8955462595839608365_o  10337725_10152940763326958_7484511881969132520_n
Site

 

SHIKO 1
SHIKO

Francisco José Souto Leite, mais conhecido como Shiko, é um quadrinista brasileiro. Nascido em Patos, mudou-se para João Pessoa aos 18 anos, quando começou a trabalhar com Publicidade e a criar quadrinhos independentes, em particular para a revista indie Marginal Zine. Atualmente morando em Florença, vem produzindo obras relevantes, como a adaptação de O Quinze (romance de Raquel de Queiroz) e as graphic novels O Azul Indiferente do Céu, Talvez seja mentira, Lavagem e Piteco – Ingá. Com esta última, ganhou o 26º Troféu HQ Mix de melhor desenhista nacional e melhor publicação de aventura / terror / ficção. Também ganhou o 30º Prêmio Angelo Agostini como melhor desenhista.
3 - 011  1 - a1

 

13307236_998219403579913_6326541220559826629_n
SIDNEY GUSMAN

Escreve sobre quadrinhos desde 1990. Ganhou sete vezes seguidas o Troféu HQ Mix de melhor jornalista especializado do país. Editou publicações das editoras Conrad, Panini e Abril. Atualmente, é responsável pelo planejamento editorial da Mauricio de Sousa Produções, onde deu vida a projetos como MSP 50, MSP+50, MSP Novos 50, Ouro da Casa, Graphic MSP, Mônica(s) e outros. Além disso, é editor-chefe do site Universo HQ.
Site

 

Sirlanney - Magra de Ruim 02
SIRLANNEY

Nascida em Fortaleza, a artista se destacou quando começou a desenhar a personagem Magra de Ruim em 2009. Inspirada por escritoras contemporâneas como Clara Averbuck, Natercia Pontes e Ana Paula Barbi, além dos escritores autobiográficos que lia compulsivamente – Henry Miller, John Fante, Bukowski – mudou-se para o Rio, em 2008. Ao trabalhar em uma livraria, entrou em contato com o trabalho de artistas de quadrinhos adultos autobiográficos como Marjane Satrapi, Allan Sieber, André Dahmer e outros. Dessa experiência, veio a série “Magra de Ruim”, que teve compilados os seus melhores momentos para um livro que foi lançado em 2014. De volta à Fortaleza, continua publicando em seu site.
Sirlanney - Magra de Ruim 03  Sirlanney - Magra de Ruim 04

 

13731021_10209599156319456_6581771118212116430_o
SIRLENE BARBOSA

Sirlene Barbosa é doutoranda em Educação: psicologia da educação, pela PUC-SP (bolsista da Capes). É professora de língua portuguesa (SME-PMSP), e trabalha com foco na descolonização do currículo, na educação básica e pública.
capa_carolina_bienal
Site

 

Solda para Gibicon
SOLDA

Paulista de Itararé, Solda veio para Curitiba aos 13 anos e se tornou autor, ator, sonoplasta, músico, cenógrafo, faxineiro, bilheteiro e cartazista. Seu traço refinado, que agrada ao primeiro olhar, é uma referência no cartum nacional desde os tempos da ditadura militar, e milita há 40 anos por um país mais justo. Em seu currículo, são notáveis as passagens por veículos como o Jornal do Brasil, O Estado do Paraná, Diário do Paraná, Jornal do Estado, Correio de Notícias e o lendário O Pasquim, onde fez história ao publicar desenhos que eram verdadeiras manifestações de repúdio ao regime militar. Atualmente, Solda colabora para a coluna “Carta de Vinhos”, de seu amigo Luiz Carlos Zanoni, no caderno dominical Almanaque (cujo projeto gráfico é dele) de O Estado do Paraná.
poty lazzarotto para gibicon  naufrago para gibicon
Site

 

999943_277571479057802_1245760454_n
THEO SZCZEPANSKI

Formado nas categorias de base da Gibiteca de Curitiba, trabalha como ilustrador há 20 anos. Publicou em 2015 sua primeira graphic novel, A Grande Cruzada.
1486604_277578402390443_582371753_n  13051578_603985396416407_2595414156276756954_n
Site

 

11204959_10153217442769807_2381929092494289498_n
TIAGO ELCERDO

Tiago “Elcerdo” Lacerda desistiu dos estudos de Física para se tornar ilustrador e quadrinhista. Formado em design, publica seus desenhos nos principais jornais e revistas em circulação. Editor e autor da revista Beleléu, que começou com revista em quadrinhos em 2009 e se tornou um dos mais importantes selos de quadrinhos da cena independente do Rio de Janeiro.
13882488_1032902826756967_6049390926766017683_n  13906848_1035508303163086_3167231405169073341_n

 

13131196_865217940267654_6327824743892647936_o
TIKINHO RAMON

Lucas Ramon Alves de Lima Maciel é um cartunista surdo. Aos 25 anos de idade, começou o curso profissionalizante de desenho na Casa dos Quadrinhos, em Belo Horizonte, onde entrou no mundo das histórias em quadrinhos e se apaixonou. Atualmente, é estudante de Design Gráfico e está publicando seu primeiro quadrinho: Três Patetas Surdos.
fafafa2  12211_976920475705896_5289362762780764048_n

 

Victor_Marcello_01
VICTOR MARCELO

Como videografista, desenvolveu trabalhos para os canais Futura, GNT, Viva, Rede Globo e Megapix. No cinema, desenvolveu aberturas para diretores como Eryk Rocha, Julia Rezende e Sergio Rezende. Dirigiu o documentário Nosotros: É Hora de Olhar para Dentro. Cofundador do canal de YouTube Quadrinhos para Barbados, dirige atualmente a adaptação da HQ Copacabana para as telas.
Trabalhos_VICTOR_MARCELLO_02  Trabalhos_VICTOR_MARCELLO_01
Site

 

12552666_1250174708330527_414486346449825568_n
WAGNER WILLIAN

Nascido há 38 anos, em Natal [RN]. Trabalha com artes visuais em inúmeras áreas e na literatura. Autor do livro Lobisomem Sem Barba, da HQ Bulldogma e do site de entrevistas Flerte da Mulher Barbada, investe atualmente em fotografia, exercendo uma enorme empatia animal.
1623632_809930382354964_1748939748_n  390737_322760341071973_1837823340_n
Site

 

10280_1237240252971429_1233972184558947929_n
WALKIR FERNANDES

Walkir Fernandes é formado em Design Gráfico e é pós-graduado em Cinema. Trabalhou com animação para longas-metragens, séries de TV e curtas-metragens premiados no Brasil e no exterior. Editor dos álbuns Cidade Sorriso dos Mortos-Vivos e Bocas Malditas. Foi um dos 50 selecionados para o álbum Mônica(s) e é sócio-diretor da Dogzilla Studio.
Site

 

1958171_732883586744550_664466334_n
YOSHI ITICE

É quadrinhista, roteirista e ilustrador. Formado em Design Gráfico pela UFPR e pós-graduado em Histórias em Quadrinhos pelo OPET. Entre suas publicações estão o livro-jogo Last RPG Fantasy e a série Batsuman. Em 2015, participou da produção da HQ A Samurai e, em 2016, publicou, pela Tambor Quadrinhos, a série Minecomics, inspirada no jogo Minecraft.
13592809_1199327483433489_6922176954585391204_n  13613472_1201408519892052_9205947583837330064_o
Site